Francir Silvério, Autor em TRIA Software

Software sob medida: uma boa opção para a digitalização

Muitas empresas hoje em dia buscam pela transformação digital para, principalmente, aumentar a produtividade e economizar recursos, neste processo algumas dificuldades podem surgir, como não encontrar softwares específicos para digitalizar processos já prontos no mercado, assim, adquirir uma solução de software sob medida pode ser uma boa opção.

Neste caso, a solução é cogitar a contratação de uma empresa de desenvolvimento de software com o know-how em variados tipos de tecnologia capaz de criar softwares sob medida ou customizados. O nível de customização vai variar de acordo com a particularidade dos processos ou necessidades em soluções em TI da empresa.

Mudando a chave para o digital

É como um carro que já tivesse andando por anos e de repente é lançado um acessório que potencializa seu desempenho, entretanto, para instalar esse acessório nem sempre é algo fácil, pois precisa de uma adequação ou até a troca total de partes do veículo.

Apesar de ser uma simples metáfora pode-se comparar, por exemplo, transformação digital de processos como algo a ser estudado, deve-se atualizar a tecnologia já praticada pela empresa ou desenvolver algo totalmente novo? 

A alteração na operação também é algo que pode acontecer, quem sabe um robô começa a executar as tarefas pela tecnologia de RPA (Robotic Process Automation).

A realidade das empresas que almejam sua transformação digital também encontra barreiras em sua infraestrutura de TI, pois a cada dia esse departamento interno está mais enxuto e não conseguem absorver toda a demanda de desenvolvimento de softwares que as outras áreas da empresa necessitam.

Imagine ter que procurar no mercado softwares prontos para atender os requisitos de cada processo, ter que otimizá-los e implantá-los, talvez não seja a melhor solução, mesmo que com o custo mais reduzido, o que também é questionável.

Assim, uma boa opção é a contratação de um terceiro, uma empresa de desenvolvimento de softwares para acelerar a transformação digital de uma empresa, como é o caso da Tria Software, tornando o processo mais ágil e facilitado.

 

Guia prático para o desenvolvimento de aplicativos de sucesso

Quem nunca pensou em ter uma ideia de um app e faturar uma grana com ele? Bem, muita gente e poucas concretizaram esse pensamento. A ideia pode até surgir, mas como desenvolver o aplicativo é sempre um grande desafio. Há passos a seguir para da ideia inicial chegar à concepção do app. Neste artigo criamos um guia prático para lhe ajudar a concretizar o seu aplicativo.

Busca pela ideia perfeita

Vamos começar com a ideia, sabemos que um aplicativo é a solução digital de um problema real, assim, mais fácil de ter um insight do app é começar por aquilo que está habituado ou faz parte do seu mundo, quem sabe no seu trabalho, suas atividades cotidianas, etc. Será que não há algo que um aplicativo pode resolver?

Sim, encontrei um problema que um aplicativo pode resolver. O importante agora é escrever o objetivo dele com o máximo de informações de como resolverá esse problema. Chegou em uma solução boa, então a chance do app dar certo é maior.

 Rascunhar o projeto

O próximo passo é fazer o rascunho da interface do aplicativo, definir tudo o que ele precisa ter de informações e até como o usuário vai navegar por ele, ou seja, um fluxo de navegação que deve levar em conta a facilidade de interação do usuário com o app, de modo que ela seja positiva, mas não se preocupe, posteriormente você poderá contar com a ajuda da figura de UI (User interface) da empresa de desenvolvimento de aplicativos que irá contratar.

Como escolher a empresa de desenvolvimento de apps

Chega-se a um ponto crucial, a escolha da empresa de desenvolvimento de apps, pois dependendo da complexidade do app desenhado é certamente a melhor solução. Empresas como a Tria Software, especializada no desenvolvimento de aplicativos com sua equipe qualificada de programadores irá configurar servidores, banco de dados e toda parte operacional dos sistemas e plataformas. Nesta fase, é feita a programação de fatores como tamanhos de telas, especificações de hardware, configurações, sistemas operacionais, softwares, etc.

Avalie os projetos desenvolvidos por essa empresa, consulte clientes, valide a experiência, pois facilitará a concretização de seu aplicativo. Lembrando que nem sempre o custo menor é a melhor opção, pois pode levar ao atraso de desenvolvimento ou um aplicativo cheio de bugs e retrabalhos. Pense que outra pessoa pode ter a mesma ideia que você.

Visual do app

Depois de toda a programação de seu aplicativo é a vez de ele ganhar cara, criar um design atrativo, inspirador e que proporcione uma boa experiência ao usuário. Já falamos da interface do usuário e também que é nesta hora que a figura do UI (User Interface) e UX (User Experience) entram em ação. O fluxo de navegação que rascunhou vai ser avaliado por esses dois profissionais e a melhor solução será oferecida. Uma boa empresa de desenvolvimento de aplicativos, como é o caso da Tria Software já possui o time completo com programadores e UI/ UX, facilitando a gestão do projeto do app.

O sistema operacional

Uma pergunta frequente é qual sistema operacional desenvolver o aplicativo – Android ou IOS? A seleção de qual sistema operacional seu app vai ser configurado é importante para a definição de custos, pois cada um tem suas particularidades e utilizam, por exemplo, demandas de trabalho de programadores diferentes.

Entretanto, você pode iniciar com um único sistema operacional e depois adicionar outro em seu app ou ainda já configurá-lo simultaneamente para os dois sistemas. Qual a sua opção? Se ainda possui dúvidas, a empresa desenvolvedora também pode te ajudar na escolha, todavia, para isso tenha definido seu público-alvo, ou seja, para quem está desenvolvendo seu app, pois facilita a decisão.

Teste, teste e teste novamente

O aplicativo ficou pronto? Vamos lançar? Ainda não, pois esse deve ser testado para que ele seja um sucesso. E não são poucos os testes, deixe um tempo para isso, pois é importante colher opiniões sobre o app, descobrir falhas, ajustar e só depois de não ter mais o que testar lançar o aplicativo.

É, não é tão simples o lançamento de um app, mas seguindo esses passos pode ser que minimize que ele não passe de uma ideia. Mãos à obra!

 

As barreiras para a automação de processos (RPA) do setor de RH

O setor de RH no Brasil ainda registra baixo nível de digitalização. A automação de processos (RPA) de tarefas repetidas para o RH ainda não é realidade na maioria das empresas, ou seja, muito tempo é ainda desperdiçado com tarefas mecânicas ou manuais, como planilhas gigantescas, que são importantes para a operação deste setor, entretanto, não são estratégicas para melhorar a experiência dos colaboradores.

Segundo estudos como o Robotic Process Automation for HR and Payroll, da consultoria Ernst & Young revelam que os processos realizados pelo RH ao serem automatizados através de softwares robôs (RPA), por exemplo, podem ser otimizados em até 65% e reduzir custos entre 50% e 70%.

As barreiras que impedem a automação de processos (RPA) para o setor RH

Uma das grandes barreiras para essa automação mencionada pelos gestores de RH é que este setor, diferente de outras áreas da empresa, não possui budget para digitalização, ou seja, geralmente seu orçamento é para a promoção de ações voltadas a toda empresa ou para áreas específicas, as quais o budget é assumido por elas.

Além disso, por desconhecimento receiam que a aquisição de um software seja algo muito custosa, principalmente se necessitar da contratação de soluções customizadas, devido as particularidades de seus processos, entretanto, nem sempre foi consultado uma empresa de desenvolvimento de software para avaliar o investimento real desta digitalização do setor.

Assim, os executivos ou o alto nível da empresa têm que validar a importância em se investir na automação de processos de RH para ganharem em produtividade, agilidade e os funcionários desta área estarem em atividades estratégicas que melhorem a experiência dos colaboradores, uma das principais responsabilidades hoje do setor de RH.

Algumas empresas se destacam pela digitalizados de seus processos de RH, como é o caso da Bayer. O processo de recrutamento e seleção é automático, resumidamente, um software faz o cruzamento de dados dos requisitos da vaga com os dados dos candidatos no banco de talentos, seleciona os mais aderentes a vaga, disparado o e-mail de convite para a entrevista, faz o agendamento e, vai muito além, até a solicitação de documentação para a contratação. Um exemplo prático que demonstra quanto tempo é economizado no processo de contratação de um novo colaborador.

A automação através da tecnologia de RPA pode ser realizada em variados processos como o uso de uma plataforma para realizar pesquisa de Clima Organizacional, ferramentas digitais para a gestão de benefício ou na gestão de processos na área de Departamento Pessoal.  

Muitas possibilidades são vistas para aplicação da tecnologia no setor de recursos humanos, que estrategicamente se torna mais eficiente em proporcionar uma experiência mais positiva para o colaborador e isso afeta os resultados da empresa, pois principalmente contribui para a retenção de mão de obra. Certamente nos próximos anos a tecnologia vai estar bem mais difundida neste setor e quem sair na frente terá resultados mais rápidos.

 

A automação de processos (RPA) e seu papel durante o covid-19

A automação de processos – RPA (Robotic Process Automation) já estava em expansão no mundo como mostra os dados do estudo da Gartner de junho de 2019, com investimentos previstos na casa de bilhões para os próximos anos.

Uma tecnologia que empresas estão aderindo gradualmente para automatizarem seus processos, de modo a ganharem agilidade e produtividade na execução de tarefas repetidas.

Pois bem, agora a aceleração da implantação do RPA em empresas e instituições se tornou algo evidente em certos setores de mercado e áreas nas empresas, como o de saúde, de atendimento ao cliente, financeiro, entre outros, os quais não param em meio a uma pandemia e onde os softwares robôs podem ser de grande utilidade.

A mudança na forma de trabalho devido ao risco do covid-19

Em menos de três meses o mundo teve que mudar seus hábitos devido ao risco de um vírus altamente contagioso que atravessou oceanos e, hoje, acomete vários países, inclusive o Brasil.

O modo de trabalho tradicional mudou principalmente para o digital, entretanto, muitas empresas ainda não pensaram em suas transformações digitais e perceberam que poderiam ser mais tênues essa alteração de ambiente e ter menos impacto em sua operação.

O RPA é uma das ferramentas tecnológicas existentes que ativa o modo digital nas empresas, na qual tarefas repetidas de um processo são executadas por um software robô programado por desenvolvedores de empresas como a Tria Software.

Sabe aquele processo manual que se repete sempre e que onera seus colaboradores em tempo e até motivação, quando mapeado em um fluxo, o robô passa a executá-lo automaticamente. E são muitas as possibilidades. Seus colaboradores passam a se responsabilizar por tarefas estratégicas que geram mais resultados para o negócio e, sim, ficam mais motivados.

Exemplos onde está sendo aplicado a automação de processos (RPA)

Quer um exemplo prático, um setor de compra pode receber uma solicitação de um item por e-mail, o robô programado lê o e-mail, identifica o item, dispara pedidos de cotação para os fornecedores cadastrados, recebe as cotações por portal ou e-mail, agrupa as cotações e até indica o menor preço e condição em um único dashboard.

Depois que o comprador analisa e confirma a compra, o robô pode continuar o processo, elaborando o pedido de compra e enviado ao fornecedor. Imagina para empresas que tem que comprar vários itens todo dia, quanto de tempo do comprador seria poupado.

O atendimento ao público também ganha um aliado quando o contato humano deve ser evitado, como já é visto nos Estados Unidos robôs fazem o primeiro atendimento dos pacientes em laboratórios e clínicas autorizados a realizarem testes do covid-19 para evitar a formação de grandes filas.

Ele coleta os dados dos pacientes e verifica se ele já é um paciente no EMR (sigla em inglês para prontuário médico eletrônico) por meio de um ambiente Citrix, registra os resultados do teste e os envia ao CDC. O robô leva 14 a 16 segundos para fazer isso, enquanto um ser humano levaria 2 a 3 minutos e teria também os riscos do contágio.

A tendência é que o RPA comece a estar na vista de um maior número de empresas que em meio à crise da pandemia sentiram na pele a importância de se digitaliza, automatizar para tornar-se mais sustentável, produtiva e ágil.

 

‘Bots’: nós vamos invadir sua praia por uma boa causa

A automação de processos robóticos, o chamado RPA, já é uma realidade nas empresas brasileiras para economia de tempo e recursos, mas não substituirão os humanos.

Continue reading “‘Bots’: nós vamos invadir sua praia por uma boa causa”

Automação de processos dentro do SAP por RPA sem doer no bolso

Na era da transformação digital a automatização de processos se torna algo crítico, pois as empresas estão buscando o aumento de sua produtividade e a aplicação de uma tecnologia pode ser a única saída. Com isso, é importante identificar os sinais de alerta que está na hora de automatizar sua empresa.

Muito se pensava que a aquisição de um software, principalmente customizado ao meu negócio, era algo que não cabia dentro do orçamento de empresas de pequeno e médio porte, sendo somente viável a grandes corporações, e nem sempre a conta a ser feita é esta, pois o retorno do investimento, muitas vezes, justifica o investimento.

A cada dia a aquisição de softwares se torna mais viável na questão de valores, principalmente porque há vários produtos em softwares que com pequenos ajustes podem atender as necessidades das empresas e, como já prontos, os preços são mais acessíveis de aquisição.

Abaixo estão destacados 5 sinais que podem ligar o seu alerta para a automatização de seu negócio:

1) Não consigo escalar meu serviço ou produto.

Será que a automatização de processos rotineiros de determinadas áreas não faria aumentar a produtividade de minha equipe e, assim, conseguir impulsionar as vendas de meu serviço? Com certeza, tornar certos processos automáticos como financeiro, de atendimento ao cliente, etc, faz com que seus recursos humanos foquem em outras tarefas que necessitam da intervenção humana e, com isso, é possível atender um aumento de demanda mais facilmente com o mesmo nível de recurso.

2) Não consigo padronizar meus processos.

A automação de processos faz com que os resultados das tarefas seja o mesmo sempre, pois são realizados através de robôs (Robotic Process Automation). Com isso, a padronização é facilmente conseguida.

3) Não consigo ter uma visão geral do meu negócio para tomar decisões estratégicas mais assertivas.

Você pode ter contratado várias ferramentas para facilitar a gestão de cada processo, porém, não estão integradas e para ter uma visão geral do meu negócio ainda perco muito tempo para reunir as informações. Assim, a criação de um dashboard único para integrar todas as fontes de informação de sua empresa pode ser uma boa saída.

4) Tenho muitas ferramentas, mas não sei se são as corretas para o meu negócio.

Ás vezes, pela ansiedade de automatizar seus processos você acabou adquirindo ferramentas de TI que não eram necessárias, assim, uma empresa especializada em tecnologia pode realizar uma avaliação e sugerir as ferramentas ou softwares corretos para a sua realidade e necessidade.

5) Preciso reduzir meus custos urgentemente.

É fato que automatizar certas operações faz com que você ganhe tempo, economize custos, inclusive a possibilidade de minimização de erros que podem gerar a aplicação de multas por inconsistências, como é o caso de entregas das obrigações fiscais. Com certeza, a produtividade de sua equipe aumenta se este recurso estiver sendo utilizado para atividades estratégicas, as quais necessitem de análise, ou seja, sendo aplicado no que realmente importa para a sua empresa e gere resultado.

Com esses 5 sinais de alerta já consegue definir em que estágio está o seu negócio para automatizá-lo, não importa o tamanho deste, pequeno, médio ou grande, o importante é iniciar o processo de inovação o quanto antes para acelerar seus resultados.

 

5 sinais de alerta que está na hora de automatizar sua empresa

Na era da transformação digital a automatização de processos se torna algo crítico, pois as empresas estão buscando o aumento de sua produtividade e a aplicação de uma tecnologia pode ser a única saída. Com isso, é importante identificar os sinais de alerta que está na hora de automatizar sua empresa.

Muito se pensava que a aquisição de um software, principalmente customizado ao meu negócio, era algo que não cabia dentro do orçamento de empresas de pequeno e médio porte, sendo somente viável a grandes corporações, e nem sempre a conta a ser feita é esta, pois o retorno do investimento, muitas vezes, justifica o investimento.

A cada dia a aquisição de softwares se torna mais viável na questão de valores, principalmente porque há vários produtos em softwares que com pequenos ajustes podem atender as necessidades das empresas e, como já prontos, os preços são mais acessíveis de aquisição.

Abaixo estão destacados 5 sinais que podem ligar o seu alerta para a automatização de seu negócio:

1) Não consigo escalar meu serviço ou produto.

Será que a automatização de processos rotineiros de determinadas áreas não faria aumentar a produtividade de minha equipe e, assim, conseguir impulsionar as vendas de meu serviço? Com certeza, tornar certos processos automáticos como financeiro, de atendimento ao cliente, etc, faz com que seus recursos humanos foquem em outras tarefas que necessitam da intervenção humana e, com isso, é possível atender um aumento de demanda mais facilmente com o mesmo nível de recurso.

2) Não consigo padronizar meus processos.

A automação de processos faz com que os resultados das tarefas seja o mesmo sempre, pois são realizados através de robôs (Robotic Process Automation). Com isso, a padronização é facilmente conseguida.

3) Não consigo ter uma visão geral do meu negócio para tomar decisões estratégicas mais assertivas.

Você pode ter contratado várias ferramentas para facilitar a gestão de cada processo, porém, não estão integradas e para ter uma visão geral do meu negócio ainda perco muito tempo para reunir as informações. Assim, a criação de um dashboard único para integrar todas as fontes de informação de sua empresa pode ser uma boa saída.

4) Tenho muitas ferramentas, mas não sei se são as corretas para o meu negócio.

Ás vezes, pela ansiedade de automatizar seus processos você acabou adquirindo ferramentas de TI que não eram necessárias, assim, uma empresa especializada em tecnologia pode realizar uma avaliação e sugerir as ferramentas ou softwares corretos para a sua realidade e necessidade.

5) Preciso reduzir meus custos urgentemente.

É fato que automatizar certas operações faz com que você ganhe tempo, economize custos, inclusive a possibilidade de minimização de erros que podem gerar a aplicação de multas por inconsistências, como é o caso de entregas das obrigações fiscais. Com certeza, a produtividade de sua equipe aumenta se este recurso estiver sendo utilizado para atividades estratégicas, as quais necessitem de análise, ou seja, sendo aplicado no que realmente importa para a sua empresa e gere resultado.

Com esses 5 sinais de alerta já consegue definir em que estágio está o seu negócio para automatizá-lo, não importa o tamanho deste, pequeno, médio ou grande, o importante é iniciar o processo de inovação o quanto antes para acelerar seus resultados.

 

Cade o recibo que estava aqui?

A vida de quem viaja a trabalho é sempre cansativa, muito tempo fora de casa e na estrada, comendo em restaurantes, parando para abastecer em postos de gasolina, passando em pedágios, entre outras despesas que geram um número absurdo de papéis (recibos) que são difíceis de organizar e muitas vezes desaparecem literalmente. Assim, para quem não é muito organizado nem sempre é uma tarefa fácil a hora de elaborar o relatório de despesa para reembolso em meio a tantos recibos gerados, gasta-se tempo e a perda de um único recibo é prejuízo certo no bolso.

O volume de recibos é relacionado à política de reembolso de cada empresa, umas determinam a apresentação do relatório quinzenalmente ou até mensalmente e se não tiver como comprovar o gasto, certamente não será reembolsado. Outra coisa é a exigência de categorizar por tipo de despesa, como alimentação, deslocamento, hotel, etc. Tortura para o pobre viajante.

Já pensou automatizar este processo, facilitar a vida do colaborador ao indicar as despesas, categorizá-las na hora do gasto, gerando relatórios automáticos sem precisar estar na empresa, pois estariam em um banco de dados na nuvem e para você empresa ter acesso também aos dados de despesa por colaborador, por período, inserir uma política de viagem no sistema, aprovações e ainda ser sustentável em abolir o uso de papel? Isto já é uma realidade como no OCTO da Tria Software.

É uma tendência as empresas automatizarem processos internos para obterem os principais benefícios: de redução de custos, tempo e facilitação do trabalho de suas equipes, seja esta interna ou externa. Assim o reembolso de despesas online está dentro desta vertente.

A automatização é rápida e o investimento inicial não é um absurdo como muitos gestores pensam, principalmente porque o retorno é rápido e a eficiência do processo automatizado gera um resultado mais preciso.

Na prática como é feito?

Recibos eletrônicos capturam dados de transações direto de companhias aéreas, hotéis, restaurantes e locadoras de veículos, criando automaticamente entradas de solicitação de reembolso detalhadas e precisas. Os colaboradores também podem fotografar recibos, economizando assim tempo e preocupação.

O envio de solicitação de reembolso acaba sendo enviado no prazo e de qualquer lugar, ou seja, a um clique os seus colaboradores podem fotografar seus recibos ou cadastrá-los na plataforma através de seus dispositivos móveis. Na outra ponta os gestores recebem a solicitação, avaliam e aprovam o reembolso, com isso, a satisfação do colaborar vai nas nuvens, pois o ciclo de reembolso de despesas é muito mais rápido.

 

Seu colaborador agradece e você gestor de empresa tem um maior controle dos gastos de despesas. Todo mundo sai ganhando, inclusive o meio ambiente.

Automatização fiscal: jogando a favor

O universo fiscal brasileiro parece uma teia onde tudo está interligado e qualquer deslize você corre perigo de não mais existir. Mesmo pela simplicidade do exemplo supracitado hoje é sabido que a cada dia o Governo (a teia) está se munindo de tecnologias e sistemas para identificar estes deslizes (erros e fraudes) cometidos pelas empresas, assim, é chegada a hora das empresas também incorporar aos seus processos estes tipos de tecnologias, fazendo com que elas joguem a seu favor.

Continue reading “Automatização fiscal: jogando a favor”

Como transformar a necessidade de automação de meu processo em um sistema eficiente?

A incorporação de sistemas nos processos das empresas é sinônimo de ganho em agilidade de execução, redução de custos e minimização de erros, por isso, torna-se frequente a busca por empresas que realizem de modo efetivo esta automatização.

Continue reading “Como transformar a necessidade de automação de meu processo em um sistema eficiente?”

× Fale conosco!